Criatura

Eles não podem amar, não lhes foi permitido.

Nem compreender, não lhes foi concedido.

Eles são o que são, nada pode mudar.

Foi o que todos disseram e assim será.

Criaturas forjadas da magia esquecida.

Sem personalidade, sem escolhas ou alma.

Nasceram para servir, trabalhar e cumprir.

Um como aquele não poderia existir.

Mesmo sendo o que era, sendo não natural.

Um ser que não era nem mesmo real.

Poder amar uma pessoa que não o iria enxergar.

Querer ser amado por quem nunca irá lhe procurar.

Apenas por que um dia ele o enxergou.

Um simples segundo que nem mesmo notou.

Nos seus olhos sem inspiração e sorriso sem o sol.

Onde havia uma tristeza que era sem igual.

Conseguiu perceber o que ali havia.

Um coração que ansiava por um pouco de alegria.

E mesmo sabendo que ele jamais perceberá.

Dedicou a sua vida a lhe acompanhar.

E vendo seu sorriso pela primeira vez.

Percebeu que o seu próprio surgia, um reflexo talvez? 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s