Entre os livros

Já fazia algumas horas que o garoto estava sentado na poltrona, estava bem acomodado, suas rompas confortáveis e leves e seu óculos arranhado de armação emendada combinavam com o ambiente da sala, uma sala que por olhos bem aguçados viria a ser muito antiquada, cortinas antigas, poeira nos moveis, o carpete já gasto e o abajur com sua fraca luz iluminando bem do seu lado para que pudesse ler o velho livro que descansava em suas pernas. Lá fora a noite cobria os céus com estrelas e a lua minguante, já era outono? Ou ainda era outono? Isso não importava, nem o vento se lembrava e mesmo assim continuava a soprar fazendo ruídos e gemidos, lembranças da morte na sua mente mesmo agora Juvenil.

O Garoto se acomodou novamente, uma pequena tosse subiu pela sua garganta lhe trazendo momentaneamente de volta para o mundo real, não durou muito e logo estava mergulhando na fantasia do mar de paginas com lindas fadas e ogros terríveis, belas princesas que aos príncipes viriam salvar. Assim o tempo passava, o tique-taque do relógio contava as horas sem sessar e o garoto não voltava de sua aventura particular, nada mais o atrapalhava, nem o gato querendo atenção, arranhando sua bota e miando sem parar, nem mesmo alguém que veio na porta bater e que nem um minuto esperou, então nem era de tanta importância então importância não tinha que ter.

A noite estava no auge e o vento cantava uma sinfonia, todos ali já a muito haviam se perdido no mundo dos sonhos e maravilhas, menos o guarda que na rua estava a apatrulhar e o garoto na poltrona que se perdia e se encontrava em maravilhas escondidas em paginas de papel. As paredes quebravam, o chão o engolia, seu relógio derretia lentamente com o seu pássaro cuco a agonizar, o vento gritava, uma chuva caia, a noite sumia até poder retornar e o garoto se mantinha, mal se movia a não ser que uma pagina tivesse que mudar.

Uma coruja o observava por fora da janela e o gato observava a coruja por dentro e o garoto observava apenas as letras, mas o que enxergava era outro universo inteiro diante de seus olhos vidrados e que mais uma vez piscou dessa vez de lamentação, a ultima pagina havia acabado e finalmente ele havia retornado. Apoiou seus braços fracos na sua velha poltrona e com dificuldade se levantou, o livro escorregou lentamente e caiu no chão com as paginas fechadas, ele nem mesmo fez menção de segurá-lo, o barulho vez a coruja voar e o gato novamente prestar atenção nele, correu por entre os vários livros jogados no chão e se esfregava nas pernas do idoso que caminhava lentamente com suas dificuldades até a estante, suas mãos débeis agarraram com fragilidade a capa grossa de mais um livro, esse era pesado e bem antigo como quase tudo que ali se encontrava. Voltou lentamente até sua poltrona e seu corpo caiu lentamente, se acomodou e retirou com um gesto o gato que no seu colo havia pulado e o animal agora miava e em sua bota se esfregava exigindo atenção. Ajeitou seus óculos e deixou suas mãos tremulas acariciarem a capa daquele livro com um prazer mal compreendido, uma lagrima escorreu de seus olhos, era de saudade, mas não de tristeza, o vento soprava e uma galha arranhava algum lugar daquela casa, mas ali dentro só havia um garoto, sentado na poltrona, perdido na imensidão da fantasia e um gato a miar.

Advertisements

2 thoughts on “Entre os livros

  1. Eu sou esse menino. É um retrato perfeito de um verdadeiro leitor. Porque livros, histórias num geral, sugam a gente para o mundo onde a história se passa. A gente vira os personagens, e se entrega, se deixa absorver e se levar, e perde o tempo, e só quer ler mais um pouquinho, para sempre.
    Perfeito, Dan. Parabéns!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s